RedeRIA Android & iOS (quase).

RedeRIA Android & iOS (quase).

Venho falar do projecto RedeRIA que se têm revelado um sucesso e conta já com mais de 50 autores e cerca de 2500 artigos sobre Ria’s. Devido a este sucesso decidi à algum tempo fazer uso da minha ferramenta de trabalho diária (Flash Builder) para criar uma aplicação para Android e iOS visto que já é possível isso muito facilmente. Vou falar um pouco da App criada tanto para Android disponível para download no market ou seguindo este link: https://market.android.com/details?id=air.com.msdevstudio.RedeRIA, como para iOS. (Não publicada)

A aplicação foi criada com 2 layouts diferentes que são carregados consoante a plataforma (iOS e Android), e usa componentes nativos da framework flex, como o mobile view navigator e list, usando também um item render nessa lista, algo bem simples de fazer.

Para a listagem de artigos, carregados a partir do feed, foi usada uma libraria para ler e converter os feeds para objectos que são adicionados um arrayCollection  usado na lista. Já no caso dos autores, foi usada a API AS3 do WordPress que desenvolvi (podem ver a documentação aqui), que infelizmente ainda não consegui coloca-la publicamente disponível, mas em breve o farei. Usando apenas uma simples função: wpas3api.getAuthors() tive a listagem dos autores do blog e suas informações. Como o RedeRIA usa algumas plugins para gerir thumbnails e informações os autores, tive que fazer uma pequena alteração no “core” do XMLRPC Server do wordpress para devolver mais alguns campos já que por defeito o wordpress apenas devolve nome, id e login de cada autor.

De resto, foi só compilar a aplicação para ambos os markets.

Para o Android (muitooooo facil) foi só compilar com o certificado de assinatura de código, pagar os 25 USD para poder publicar e enviar o arquivo apk (ficando a conta de imediato activa) junto com uma pequena descrição e algumas imagens.

Já a brincadeira para a compilação par iOS foi bem mais complicada… alem de termos que gerar alguns certificados, temos que registar os nossos “testing” devices na area de developer da apple, criar os certificados de aprovisionamento, de aplicação e device para depois poder compilar o .ipa final com todos estes certificados para finalmente podermos testar a nossa aplicação no nosso device com drag-n-drop directo para o itunes (+syncronização). Complicado não? pois piora quando querem publicar a aplicação na apple store, pois precisam de repetir todo este processo de certificados, voltar a compilar a aplicação para terem o ipa final.

Voltamos ao site developer.apple.com (ah, pequeno detalhe, aqui pagamos 99 USD por ano para poder publicar app’s e que estive 2 semanas à espera da activação manual já que deu um erro na automática), fazemos o login no iTunes Connect e preenchemos os dados para publicar a nossa aplicação até que chegamos ao ultimo passo que é o envio do nosso ipa para aprovação; Uma estranha notícia: Não têm um mac? não pode publicar na apple store! WTF???
Pois é, a única aplicação que permite o envio dos nossos ficheiros ipa para aprovação é o Application Loader que apenas têm uma versão para… MAC OS. Como no site não temos opção de fazer upload ficamos na mer**! Boa Apple!!

Resumindo, por enquanto menos uma app na apple store! (Engraçado que para pagar a anuidade pode ser feito até de um windows 95, agora publicar só com um MAC)

Seguem alguns screenshots da aplicação.

 

A aplicação foi bastante simples, não me demorou mais que umas horas a fazer e ficou bem agradavel, servindo como prova que o Flash Builder / Flex + AIR vieram para ficar na area do desenvolvimento mobile.

E você? ja testou algum projecto mobile feito em flex, e a aplicação RedeRIA Android, o que achou?

Abraço.

 


Leave a Comment

Post